Compartilhe

FAMÍLIA SYMBRANCHIDAE – representada pelo mussum

CARACTERÍSTICAS: apresentam corpo alongado parecido com as enguias, pele lisa, olhos e dentes pequenos, narinas bem separadas, pequena abertura branquial, grande numero de vértebras (98 a 200), porém sem costelas, bexiga natatória ausente, nadadeiras praticamente inexistente – anal rudimentar, respira fora d’água, na seca  cava tuneis na lama onde se enterra. Possuem capacidade de reversão de sexo

Nome comum: mussum, pirambóia, cobra-d’água

Nome cientifico: Synbranchus marmoratus

encontrada com pescadores locais no rio Paraná em Porto Camargo (Icaraíma, PR) em 26/06/2011

Dados biológicos:  desova total dentro de tuneis e capacidade de reversão sexual

Hábito alimentar: carnívoro (preferencialmente de peixes, camarões e outros invertebrados aquáticos)

Tamanho: porte grande de até 1,5 m

Habitat: bacia  Amazônica, Tocantins-Araguaia, Paraná, Paraguai, Uruguai e São Francisco

Importância: na diversidade de espécie e usado  como isca na captura de outros peixes

Status de conservação: não ameaçado

Dicas de pesca: Sua eficiência como isca é incontestável; porém, é um peixe muito escorregadio. Para facilitar a vida do pescador, basta levar uma bandeja com serragem. Colocado ali, seu manuseio fica fácil. Jamais coloque duas ou mais linhas iscadas com mussuns dentro do viveiro, sob pena de logo formar-se um grande embaraço

Leave a Comment