Últimas Notícias
Pesca no rio Paraná em Paso de la Patria/AR

Pesca no rio Paraná em Paso de la Patria/AR

Compartilhe

Em apenas três dias de pesca o rio Paraná mostra seu potencial em sua passagem pela Argentina para a quebra de recordes pessoais.

Troféus de peso, como o rei do rio, o dourado, e surubins garantem a alegria do grupo que acompanhamos nesta pescaria.

PESCARIA realizada no rio Paraná em Paso de la Patria – Argentina na Província de Corrientes

PEIXES: Dourados e Surubins

ONDE FICAR: Pousada El Refugio Del Pescador

emery arg (10)              IMG_4141________________________________________________________________________________

A convite do operador de viagens de pesca Jack Fishing, realizamos nossa estreia na abertura da temporada em janeiro/2014

IMG_4243

RUMO A PASO DE LÁ PATRIA

grupo de pescadores se reúne em Foz do Iguaçu, de onde parte de ônibus

Atravessa a Ponte da Fraternidade (Ponte Internacional Pres. Tancredo Neves)  sobre o  rio Iguaçu – Fronteira entre Brasil e Argentina

IMG_3972 - Ponte Fraternidade sobre rio Iguaçu PR-AR ou BR-ARIMG_3985T

_______________________________________________________

E,  depois vencer a burocracia na alfândega, adentramos o território argentino

IMG_3997 Alfandega-AR


ESTRADA –  São 600 quilômetros de estradas até chegar ao destino da tão sonhada pescaria.

A turma ansiosa pela pescaria se distrai fazendo amizades e jogando partidas de truco

IMG_4014IMG_4103

_______________________________________________________

E seguimos com belas  imagens pelo caminho e desejos de boa viagem. Logo de inicio somos presenteados por um cervo próximo a pista

IMG_4004 viadinho na rodovia logo apos a alfandegaIMG_4077T

IMG_4061IMG_4087T

________________________________________________________________________________

Na CHEGADA (pousada), à noite, somos saudados com um jantar feito pelo chef Diógenes Hoffmann, privilégio que se estende por toda a nossa permanência em todas as refeições.

IMG_2867IMG_2868IMG_2882IMG_2883

emery arg (2)gvnred

emery arg (11)IMG_2886

________________________________________________________________________________________________________________

PESCARIA

A TURMA nos preparativos dos equipamentos de pesca

IMG_4133IMG_4143IMG_4124IMG_4146

________________________________________________________________________________

A  Pousada – cabanas e piscina

IMG_4138IMG_4135IMG_4134IMG_4119
IMG_4128
emery arg (12)
emery arg (14)
emery arg (13)
________________________________________________________________________________

Antes  do café da manhã alguns pescadores descem para o rio, entram n’água e  dão os primeiros pinchos como aquecimento

IMG_4211antes do café da manhã uns pichosIMG_4215

_______________________________________________________________________

E A PESCA SE INICIA….

Sob comando do guia de pesca Dario, começamos atrás das famosas piaparas ou bogas, como são chamadas em espanhol, com ceva de milho e usando como isca pedaços de curimbatá. Chegamos a ver exemplares saltando perto do barco, mas nada deles visitarem nossos anzóis.

À tarde, mudamos para a modalidade de rodada, na companhia do guia de pesca Salvador e de Jack.

IMG_4179 rodando entardecerIMG_4848

________________________________________________________

Nosso anfitrião, Jack Fish, realiza a captura salvadora do dia, um bonito dourado.

IMG_4157 jack dourado na rodadaIMG_4165 jack dourado na rodada E__________________________________________________________

A vez do trolling  – dourados e surubins enchem de alegria nossa pescaria

A modalidade de corrico tem melhor produtividade e  partimos rebocando nossos plugs de profundidade, sob orientação do guia Cafu e acompanhados de Jack e seu amigo Rudimar (Rudi). E não demora para dourados e pintados virem alegrar os debutantes em águas argentinas. Rudi puxa a fila das capturas…

IMG_4272 Rudi amigo de jack e seu trofeuIMG_4288 Rudi amigo de jack e seu trofeu

IMG_4335 Rudi amigo de jack e seu trofeu-

guia de pesca Rudi beija com carinho o dourado num gesto de agradecimento antes de sua soltura

seguido de Serginho, o próximo a ganhar novo recorde pessoal de douradão.

IMG_4353 E

Serginho e seu recorde pessoal de douradão

IMG_4394 Sergio e seu trofeuIMG_4392 Sergio e seu trofeu

_________________________________________________________________

Por fim, eu sou premiada com um surubim-pintado como nunca havia tido na linha antes.

IMG_4433 jack ajudando pra foto

Jack me orienta com segurar e  posar com o peixe para as fotos

IMG_4438IMG_4443IMG_4448 suribim recorde  bellIMG_4451 suribim recorde bellIMG_4454 suribim recorde bell-IMG_4464 suribim recorde bellIMG_4500 suribim recorde bellIMG_4544 liberando

___________________________________________________________________________________

IMG_4498 com guia Cafu

com o guia Cafu

IMG_4806 guia Cafú corrico

Cafu também faz sua captura

IMG_4305 Jack dourado no corrico (27x17)

Jack  posa para foto com um belo dourado

A cada captura seguimos rapidamente para a praia mais próxima, onde fazemos as fotos e extravasamos toda a felicidade de ter o troféu nas mãos.  Os três gigantes, além de outros bons peixes, voltam para a água para alegrar outros pescadores.

No terceiro e último dia somos guiados por Tim e corricamos novamente até o anoitecer…. O dia se resume em uma série de ações de dourados na linha de Sergio, enquanto continuo com os pintados.

IMG_5202 dourado corricoIMG_5242IMG_4983 outros dourados-IMG_5149 surubim sergio

_______________________________________________________________________

Iscas argentinas de fundo, a Cucu

IMG_4645 dourado e iscaIMG_4945  outros dourados isca cucuIMG_5116  surubim iscaIMG_5111 surubim isca

________________________________________________________

SALTOS DOURADOS

IMG_4604 salto douradoIMG_4614 salto douradoIMG_4615 salto douradoIMG_4616 salto dourado

__________________________________________________________

SOLTURA

IMG_4742 solturaIMG_4757T

______________________________________________________

O destaque fica por conta de uma briga de quase uma hora que termina com o peixe rompendo o líder de aço e indo embora sem mostrar a cara. Forte e certamente dos grandes, fez a vara ficar o tempo todo envergada, mesmo com o guia acompanhando-o com motor ligado em baixa velocidade.

FRITADA DE PEIXE  –  Pausa para almoçar na companhia do restante do grupo em uma das ilhas da região, com direito a boas conversas.

IMG_5097 fritada de peixe na lhaIMG_5054IMG_5057IMG_5081IMG_5102IMG_5047IMG_5048

________________________________________________________________________________

FOTO DA TURMA TODA

IMG_5104 turma reunida

Em pé: Giuliano Americano (Menudo), Marcio Yamamoto, Geraldo Nunes, Serginho, Bell, Romulo_njr, Eduardo Mundim, Johnny Hoffmann, Emery Jr., Jhonas Pedroza, Américo Noboru Onaka, Gustavo Cave, Eduardo Makoto Onaka. Agachados: Jack Hoffmann e João Pedroza

O anoitecer no Paranazão é precedido de um por do sol intensamente dourado – curtido tanto por nós pescadores como pelos aventureiros de asa delta

IMG_5254 por solIMG_4814sat2ret

IMG_5261

A curta estada não nos possibilita explorar melhor outras modalidades, como a pesca de arremesso atrás de dourados que tanto apreciamos. Já que não adianta teimar com a natureza, que desta vez mostrou que os peixes predadores estavam ativos no leito do rio, o corrico acabou sendo a bola da vez. Fica a vontade de retornar oportunamente para explorar o Paranazão de Paso de la Patria no baitcasting e, quem sabe, reencontrar o misterioso peixe que estourou o empate e não veio fazer parte do nosso álbum de pescaria.

FOTOS DOS AMIGOS COM SEUS TROFÉUS

DSCF1752tred

Eduardo Makoto Onaka

006tred

Eduardo Mundim e seu douradaço

gvn8red

Geraldo Nunes

gvnunes arg (1)

Geraldo Nunes

gvnunes arg (2)

Geraldo Nunes

____________________________________________________________________________________-

DSC_0207 copyred

Emery Jr com seu troféu

emery arg (9)t

Emery Jr com um dourado e Jack Fish

DSC_0213 copyred

Emery Jr com seu dourado e Mariano

IMG_5181

Emery com um pati

IMG_4734red

Johnas Pedroza e seu troféu

romulotred

Romulo_njr e seu troféu

IMG_4154 jack dourado na rodada

Jack Hoffmann

TIETAGEM COM OS IRMÃOS HOFFMANN’S

IMG_4238

Américo, Diógenes, Johnny, Bell, Jack, Eduardo e Emery  Jr

___________________________________________________________________________________________________-
IMG_4227IMG_4232

______________________________________________________________

UM POUCO SOBRE O RIO PARANÁ EM PASO DE LA PATRIA

Paso de la Patria situa-se,  por rio, cerca de 200 quilômetros a jusante da Hidrelétrica de Yaciretá, entre Ituzaingó (Argentina) e Ayolas (Paraguai). Ponto em que as águas esverdeadas do Rio Paraná recebem as águas mais turvas de seu principal tributário fora do Brasil, o rio Paraguai

A realidade de pesca no rio Paraná, na vizinha Argentina, é outra. Tanto as leis de proteção ao peixe quanto sua fiscalização são levados mais a sério. Pousadas, guias e pescadores atuam efetivamente praticando o pesque e solte, tomando os devidos cuidados com o peixe fora d’água e respeitando o defeso entre os meses de novembro e dezembro, bem como as cotas mínima e máxima para abate. A retribuição natural vem na forma de mais e maiores peixes.

Não é por acaso, portanto, que um número cada vez mais maior de brasileiros vai pescar no lado argentino do Paranazão, onde sabem que as chances de pegar seu troféu recorde – seja ele um douradão, um surubim gigante ou uma bela e astuta piapara – é maior do que do lado de cá da fronteira

INFORMAÇÕES SOBRE A OPERAÇÃO DE PESCA

Jack organiza e orienta tudo em relação aos  equipamentos de pesca, distribuição de  guias,  tipo de pesca e a área a ser explorada por cada barco, visando o melhor resultado possível para todos.  A estratégia inclui o rodízio de guias, de maneira que todos tenham as mesmas chances de sucesso.

As atividades começam por volta das oito da manhã e se estendem até os últimos raios de sol. Ao fim do dia é feito um levantamento da produção de cada barco, orientando o planejamento para o dia seguinte.

As modalidades mais comumente praticadas são o corrico com iscas artificiais de fundo e a rodada com iscas naturais em pontos de águas crespas que correm apressadas por lajes de pedra no leito do rio.

Tanto no corrico quanto na rodada, grande quantidade de linha é liberada – de 70 a 80 metros e, devido à maior probabilidade de enroscos, na rodada é recomendado o uso de linha de monofilamento.

DICA: ir com antecedência caso queira fazer compras em Ciudad del Este, PY

IMPORTANTE: Registro de identidade ou passaporte para atravessar para a Argentina

LEVAR: máquina fotográfica, filmadora, repelente a insetos, protetor solar, capa de chuva, óculos de sol e chapéu.

EQUIPAMENTOS RECOMENDADOS

IMG_4578  isca argentina cucu

Corrico – Varas de 6 pés, classe 30 libras, de ação rápida; Carretilhas ou molinetes rápidos com capacidade para 200 metros de linha; Linhas com espessura próxima de 0,20 mm; Empate metálico de 20 libras de 1 metro de comprimento; Girador tamanho 1/0; Snap de 50 libras; Iscas: plugs de barbela longa de 18 centímetros de fabricação argentina.

Rodada – Varas de 6’6” a 7 pés, classe 40 a 60 libras, de ação rápida; Carretilhas ou molinetes com capacidade de 200 metros de linha; Linhas de monofilamento de 0,40 a 0,45 mm; Girador tamanho 1/0; Empate metálico de 60 libras e 30 centímetros de comprimento; Anzóis 7/0 e 10/0; Chumbadas de 15 a 35 gramas; Iscas: tuviras e piramboias vivas.

AGRADECIMENTOS

Jack Fish

www.jackfish.com.br / jack@jackfish.com.br/ Tel.: (54)9642-2426

El Refugio Del Pescador

www.elrefugiopescador.com.ar / info@elrefugiodelpescador.com.ar / Tel.: 0054-0236-15-4601052

006tred2

com Mariano, dono da Pousada

 

El Paranazón……….OBRIGADA Paranazão!!!

Rio Paraná: Com quase três mil quilômetros de extensão, o Paraná é o 2º maior rio sul-americano e o 13º do mundo. Formado na junção dos rios Paranaíba e Grande, entre os Estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo, segue em direção ao sul por cerca de 850 quilômetros, até Foz de Iguaçu, PR. Após receber as águas do Rio Iguaçu, a 20 quilômetros das comportas da usina de Itaipu, entra em território argentino, fazendo limite com o Paraguai até seu principal tributário fora do Brasil, o Rio Paraguai. A partir daí, segue em território argentino até finalmente desaguar no Rio da Prata.

IMG_4194T

VEJA TAMBÉM:

Matéria publicada na revista Pesca Esportiva  > Gigantes argentinos, prazer! 

VIDEOS desta pescaria:

Sergio Pellizzer com dourado recorde pessoal do rio Paraná_AR > clique aqui

IMG_4353 E

Sergio e seu dourado recorde com Jack, Cafu e Rudi

Isabel Pellizzer com Surubim-pintado recorde pessoal do rio Paraná_AR > clique aqui

IMG_4433 jack ajudando pra foto

Isabel Pellizzer com surubim recorde com Jack, Cafu e Rudi

Rudimar Strefling com dourado recorde pessoal do rio Paraná_AR > clique aqui

IMG_4288 Rudi amigo de jack e seu trofeu

Rudimar e seu dourado recorde

 

Sobre isabelpellizzer

Sou do interior do estado de São Paulo, Paraguaçu Paulista, casada com Sergio Pellizzer há 31 anos, mãe de dois filhos, Marcelo (30 anos) e Caio (27 anos). Formação: Engenheira Agrônoma e Técnica em Agrimensura. Paixão: Pescadora Amadora Esportiva desde 1997 que gosta de compartilhar suas experiências na pesca. Colaborei com matérias de pesca por 8 anos seguidos com a revista Pesca Esportiva e, no momento, colaboro com a revista Pesca e Cia. Amante da Natureza com especial admiração pelas aves e plantas. Quando as encontro nas pescarias, faço os registros e identificações, igualmente faço aos peixes. Atualizado: 21/04/2016
Comente com o facebook (Precisa estar logado)
Os comentarios aqui expressos sao de responsabilidade de seus autores.

6 comentários

  1. Muito bakana!!!!! Saudades do paranazão e de toda a turma !!! Que Papai do céu proporcione a vc e ao Serginho muita saúde para continuar a oferecer muitos relatos de belas pescarias!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top

XML Sitemap