Compartilhe

PASSEIOS TURÍSTICOS ECOLÓGICOS EM MANAUS

Fomos a Manaus para um pescaria no rio Negro na região de Barcelos e aproveitamos para passear e conhecer a região.

Passeios feitos pelas águas do rio Negro a bordo de lancha expressa (rápida), que incluiu passeios como:

Encontro das Águas /  Ponte rio Negro / Comunidade Flutuante Catalão  / Pesca do Pirarucu / Casa Ecológica / Restaurante Flutuante / Trilha de Palafita em Área de Igapó / Navegar entre Igarapés e Igapós / Aldeia Indígena / Boto-cor-de-rosa / Comunidade de São Thomé 

MARINA DO DAVID (próximo ao Hotel Tropical) de onde partimos para visitar os índios, nadar com os botos-cores-de-rosa, visitar a comunidade de São Thomé e almoçar no Restaurante da Pousada Jacaré.

COOP ACAMDAF  (cooperativa dos profissionais de transporte fluvial da Marina do David)

Vendedora ambulante – feliz da vida!!! vendendo Ingá-de-metro, tucumã, pimenta liquida e limão

IMG_3010

IMG_3011

IMG_3015

IMG_3014

Pescador local limpando tambaqui, acredito que seja de algum cultivo em tanque rede

IMG_3017

IMG_3021

IMG_3020

407


E lá vamos nós de Táxi Fluvial,  lancha rápida fretada com motor 250 hp e capota para proteger do sol e chuva

(Voadeira Salomão – Capitão Bezerra da Coop acamdaf / contato 9182-0732)

IMG_3025
com Capitão Bezerra, Isabel, Serginho, Alba Santos, Zenizir da Silva, Wladimir e Paula
IMG_3027
Posto de Combustível Flutuante

ALDEIA INDÍGENA TUPÉ (Unidade de Conservação – Reserva de Desenvolvimento Sustentável)

003
Alba, Zenizir, Paula, Wladimir e Serginho
007
placa informativa
176
escada de subida até a aldeia
020
OCA – local para a apresentação das danças indígenas

Com o Cacique e as índias antes da apresentação de suas danças

036

040

047

048

055

056

046


Alguns ARTESANATOS  feitos de barro, penas de aves, sementes, palhas, cipós, escamas de peixes, peles e dentes de animais, etc..

060

061

064

057

075


DANÇAS INDÍGENAS apresentadas pelo Cacique que a cada dança ele explica o significado que cada uma tem para eles

077
Cacique da Aldeia

030

087

132

indios - apresentação danças 096

098

139

094

092

106

113

123

124

109

102

103

104

135

115

143
cesto para doação voluntária
149
banheiro: vaso sanitário
150
vaso sanitário
162
mãe e filha – nova geração

024

173

168

172

183

186


FLUTUANTE DO BOTO-COR-DE-ROSA  em São Thomé

187
flutuante do boto-cor-de- rosa
328
Marcia:  treinadora e cuidadora autorizada dos botos

326

325

Antes de nadar com o botos tietagem com Lawrence Wahba

193

195

198
Lawrence Wahba: documentarista brasileiro que há mais de 20 anos, revela um mundo de criaturas fantásticas viajando por todos os continentes

Boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis), seu nome comum é referente a sua coloração, especialmente da região ventral, que é branca com tendência para o avermelhado

É o maior golfinho de água doce da família Iniidae, distribuída nas bacias dos rios Amazonas e Orinoco.

Um cetáceo, mamífero, com dimorfismo sexual mais evidente, com os machos medindo e pesando 16% e 55% mais do que as fêmeas. Os adultos apresentam uma coloração rosada, mais proeminente nos machos. Possui um órgão chamado melão utilizado para ecolocalização.

Dieta ampla, alimentando-se principalmente de peixes, mas completando com tartarugas e caranguejos. Na época das chuvas se desloca para as áreas alagadas da floresta, onde há uma maior oferta de alimentos.

Hábito solitário, raramente é visto em grupos com mais de três indivíduos, exceto na época reprodutiva. Quando visto em pares, geralmente é a mãe e o filhote. As migrações sazonais estão relacionadas com a migração dos cardumes e ao ciclo anual das águas.

Apresentam uma área de vida, mas não têm comportamento territorial. São nadadores lentos atingindo 2,4 a 5,1 km/h, com picos de >22,5 km/h. raramente saltam. Partilha a área de ocorrência com o tucuxi (Sotalia fluvitialis), que não é um golfinho estritamente fluvial

A estação reprodutiva coincide com os baixos níveis de água. Os nascimentos concentram-se com o pico das cheias nos rios. A gestação dura entre 10 e 11 meses. O filhote nasce com cerca de 80 centímetros de comprimento. Os machos atingem a maturidade sexual quando atingem 200 centímetros de comprimento e as fêmeas entre 160 e 175 centímetros, geralmente entre 6 e 7 anos de vida. A lactação dura em média 1 ano e o intervalo entre partos é de 2 a 3 anos

Por sua coloração rosada chama a atenção e é uma das espécies de golfinhos mantida em cativeiro em vários aquários do mundo, principalmente nos Estados Unidos, Venezuela e Europa, no entanto, é de difícil manutenção e tem uma alta taxa de mortalidade em cativeiro. Não é alvo de caça significativa, mas nas últimas décadas tornaram-se frequentes capturas acidentais em redes de pesca.

Fotos com o boto: Zenizir da Silva  pescador esportivo profissional, exímio atador de moscas e apresentador do programa “Pesca Amazônia”

265
Boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis)

319

boto cor-de-rosa (foto Zenizir Silva) 318


COMUNIDADE SÃO THOMÉ

335
Portal de boas-vindas

333

330

337

367

338
Comercio – mercearia
364
Campo de Futebol
363
Espinhos de palmeira para designer de manicure

POUSADA JACARÉ

340
Portal da Pousada Jacaré

343

345
Portal da pousada com pé de jambo-rosa

348

347

354
Recepção Pousada Jacaré

352

355

358
Restaurante

SERINGUEIRO: Sr. Elias  dá aula sobre a seringa desde a extração até formação bola cozida

Amônia – liquido anti-coagulante para não criar aquela nata no “leite” da seringa

Em cima da mesinha artesanatos feitos da borracha, lindos!

392
Sr. Elias – seringueiro passando informações sobre a produção da borracha

Elias seringueiro - hist. borracha 376

377

383

394

Elias seringueiro 390

395


ENCONTRO DAS ÁGUAS DOS RIOS NEGRO E SOLIMÕES

Uma das principais atrações turísticas da cidade de Manaus a partir do PORTO CEASA, a bordo de lancha expresso

Faz parte deste passeio: Ponte no rio Negro / visitar a  Comunidade Catalão / Navegar em Igarapés e Igapós / Pesca do Pirarucu / Observação de animais como macacos, bicho-preguiça, sucuri, jacarés e plantas como a vitória-régia. Para finalizar almoço Restaurante Flutuante

O local está inserido no Parque Ecológico do Janauari, onde também se pode observar e tirar fotos das plantas aquáticas, como a vitória-régia.

371
Luis   nosso guia da lancha Cmte Keven (9137-5874)
IMG_3413
Isabel e Sergio

Encontro das águas: E um fenômeno natural que acontece na confluência entre o rio Negro, de água preta, e o rio Solimões, de água barrenta. Correm lado a lado sem se misturar por uma extensão de mais de 6 km. A partir deste ponto, o Solimões passa a ser chamado de rio Amazonas.

Esse fenômeno acontece em decorrência da diferença entre a temperatura e densidade das águas e, ainda, à velocidade de suas correntezas: o Rio Negro corre cerca de 2 km/h a uma temperatura de 28°C, enquanto que o Rio Solimões corre de 4 a 6 km/h a uma temperatura de 22°C

Se o passeio for feito em um barco pequeno, o visitante pode pôr a mão na água durante a travessia de um lado para o outro das águas, e sentir que os rios têm temperaturas e densidades diferentes.

423

925T

PONTE ESTAIADA SOBRE RIO NEGRO que liga Manaus a Iranduba

BARCELOS 2014 072

BARCO RECREIO para passeios e viagens

909 BARCO RECREIO


COMUNIDADE FLUTUANTE CATALÃO

No passeio pela comunidade observamos moradias de vários “estilos”, com jardins, hortas, casinha para cachorro ou vigia e, a maioria delas, possui um barco para locomoção. Há também escola, posto de saúde e comercio em geral, inclusive atrações turisticas. Tudo construído sobre a água, inclusive os jardins e hortas, tendo como base toras de açacu, uma madeira leve para flutuar  e resistente.

483

474

476

478

480

481

477

472

473

484

485

487

491

493

495

496

497

498

499

501

503

504

505

507

508

509

510

512

518

520

515

524

526

529

530

531

533

535

545

547

549

551

554

558

559

560

561

563

565


RESTAURANTE FLUTUANTE para o final do passeio o almoço com comida típica amazonense.

944
restaurante flutuante – refeições típicas

954

948

950

957

BARCELOS 2014 024

BARCELOS 2014 026


TRILHA DE PALAFITA EM ÁREA DE IGAPÓ (anexo ao restaurante) com observação de plantas e animais silvestres soltos na natureza

IMG_3431

IMG_3432

1112

1111

1035

IMG_3427

IMG_3428

1107

1053
iguana
1055
lagarto
994
macaco-de-cheiro
1001
macaco-de-cheiro
preguiça na natureza 1095
bicho-preguiça solta na natureza
960
cipó – suas folhagens
1106
cipó – utilizado em artesanato
vitoria-regia 1072
vitória-régia
vitoria-regia e soco 1044
vitória-régia e socó

CASA ECOLÓGICA com presença de vários animais silvestres domesticados e de estimação

IMG_3462
bicho-preguiça
BARCELOS 2014 005
Isabel e a preguiça
IMG_3441
Serginho e a preguiça

BARCELOS 2014 006

BARCELOS 2014 007

IMG_3453

BARCELOS 2014 012
jacaré

BARCELOS 2014 021

sucuri IMG_3470
sucuri

IMG_3464

IMG_3463

IMG_3471


PESCA DO PIRARUCU no Flutuante El Shaday

471
flutuante pirarucu

ARTESANATOS

IMG_3417

569

566

567

568

898

897

892

CÚBIO uma das iscas naturais usadas na pesca do pirarucu em cativeiro

581

599

A  PESCA DO PIRARUCU

904

799

799

698

684

688

641

662


GARÇA BRANCA GRANDE na espera da sobra de um petisco

574


ÁREA DE IGAPÓ para conhecer tipos de vegetação e avistar animais

O período do rio cheio que vai de janeiro a julho é a melhor época para fazer este passeio, uma vez que as saídas dentre os igarapés são em canoas motorizadas. Pode-se entrar nos furos e braços de rios e ter a possibilidade de ver animais como pássaros, macacos e preguiças.

IMG_3475
guia Luis

BARCELOS 2014 065

BARCELOS 2014 057

BARCELOS 2014 053

BARCELOS 2014 049

BARCELOS 2014 043

BARCELOS 2014 042

BARCELOS 2014 039

BARCELOS 2014 041

IMG_3478

IMG_3474

IMG_3483

IMG_3486

IMG_3488

BARCELOS 2014 068

IMG_3490

IMG_3494

IMG_3499

IMG_3500

IMG_3502

IMG_3511

RIBEIRINHOS PESCADORES

IMG_3473

BARCELOS 2014 033

BARCELOS 2014 031

BARCELOS 2014 032

936

935

939

938

937

458


PASSEIO EM BARCELOS  (com Paula, Wladimir, Paulo, Bete, Angela e Luiz)

VENDEDOR AMBULANTE -PEIXEIRO

IMG_3370 V

IMG_3372 V

IMG_3374 V


MONUMENTO ACARÁ-DISCO

IMG_3375
SIMBOLO DA FESTA DO PEIXE ORNAMENTAL

Festa do Peixe Ornamental: Criada em 1994  para celebrar os peixes que são fonte de renda de mais de 60% da população, valorizar os pescadores conhecidos como piabeiros e a cultura do povo barcelense. A festa se dá através do duelo de duas das espécies de peixe ornamental da região: o cardinal e o acará-disco  envolvendo arte cabocla e indígena e acontece no piabódromo, uma arena com capacidade para receber cerca de oito mil pessoas. Nas arquibancadas ficam os torcedores chamados de “cardume”.

IMG_3325

IMG_3334

IMG_3337

IMG_3339

IMG_3320

IMG_3324

IMG_3342

IMG_3343

IMG_3345

IMG_3348

IMG_3350

IMG_3365

IMG_3368

IMG_3362

IMG_3353

IMG_3360

IMG_3361

IMG_3377

IMG_3378

IMG_3379

IMG_3381

IMG_3382


SOBRE BARCELOS: 

O município  é conhecido mundialmente como a Capital do Peixe Ornamental ou carinhosamente chamada de “Cidade Menina” apelidada por Jorginho do Peixe. Situa-se à margem direita do rio Negro, cercada por águas e  um de seus grandes atrativos turísticos é a pesca esportiva do tucunaré-açu. Com área territorial de 122 476 km² lhe garante o titulo de maior município do estado do Amazonas em área, e o segundo maior do Brasil, atrás apenas de  Altamira, no estado do Pará.   Possui 25.718 de habitantes e  um enorme potencial turístico.

Teve sua origem em uma aldeia dos índios, chamada Mariuá, localizada no médio rio Negro. Em 1758, a aldeia foi elevada à categoria de vila, com o nome de Barcelos. Foi a primeira capital da Capitania de São José do Rio Negro, atual estado do Amazonas, antes da sede administrativa ser transferida para Manaus. Localizado no interior do estado do Amazonas e pertence à Mesorregião do Norte Amazonense e Microrregião do rio Negro. Fundada em 6 de maio como a primeira capital do Amazonas de 1758 e criada em 1931.

Possui riquezas naturais exuberantes, maior exportadora nacional de peixes ornamentais, o maior arquipélago fluvial do mundo, chamado Mariuá, com cerca de 1.400 ilhas. No seu território também estão localizados o Parque Nacional do Jaú, o Parque Estadual do Araçá e a Área de Preservação Ambiental de Mariuá. Nele está localizada a cachoeira do El Dorado, considerada a maior queda d’água livre do Brasil com quase 400m de altura. Também encontramos em Barcelos o abismo Guy Collet, considerado a caverna mais profunda do Brasil. Faz limites com a Venezuela e Roraima


MAIS DICAS DE PASSEIOS EM MANAUS

Para fazer o passeio completo do Encontro da Águas e do Boto-cor-de-rosa a melhor opção é a partir do Porto Ceasa com duração das 9 a 17 hs, ou seja, precisará do dia todo para realizar o passeio completo e meio período qualquer um dos dois. Agendar um dia antes ou ir cedinho, após o café da manhã, e completar a lotação de uma lancha expressaa ou fazer frete exclusivo

Passeios dentro da grande Manaus, como Shoppings, Teatro Amazonas, Mercado Municipal, Praça dos Cinco Continente,  Igrejas,  Comércio no Porto Ceasa , Estação Hidroviária, Praia da Ponta Negra, entre outros.

Incluir no passeio do boto o Hotel Selva Ariuá Amazon Towers e o Museu da Seringa

Há também passeio aéreos contanto com voos panorâmicos sobre Manaus, rio Negro, Distrito Industrial, Encontro das Águas, Portos (Roadway), Arquipélago Anavilhanas, Teatro Amazonas, ponte rio Negro, Praia da Ponta Negra, Estádio Vivaldo Lima,


Passeio com Liamar e Carlos Augusto (Lia e Guto) na cidade de Manaus

PORTO20140208_165739

20140208_165810

MERCADO MUNICIPAL

20140208_165901

BARCELOS 2014 075

20140208_165911

20140208_165949

MERCADO MUNICIPAL ADOLPHO LISBOA

20140208_170654

MARCO E RELÓGIO MUNICIPAL

20140208_171506

20140208_171618

TEATRO AMAZONAS (1856)

20140208_173753

PRAÇA DOS 5  CONTINENTES (Europa /África / Oceania/ América / Ásia) ___________________

20140208_173949

CAPOEIRA NA PRAÇA

20140208_174611

BARZINHOS em frente o Teatro Amazonas

20140208_181558

PARA FINALIZAR POR DO SOL

20140208_181642

ENCONTRO DE AMIGOS EM MANAUS E BARCELOS

IMG_2996
com Zenizir da Silva e Jorge Gomes
IMG_3116
com Bernardo Espindola e Guto no aeroporto em Barcelos

OBRIGADA MANAUS, OBRIGADA DEUS!!!!

IMG_2966

 

4 Thoughts to “Passeios (City e River Tour) em Barcelos e Manaus/AM”

  1. Eduardo Mundim

    Show !! Muito Bacana !!! Parabéns !!!!!

    1. isabelpellizzer

      Oi Eduardo, obrigada!
      Quando for a Manaus com a Marylane reserve uns dias para uns passeios, vale a pena!
      Abraços!

  2. sergio pellizzer

    parabéns Isabel Cristina, ficou muito chik, muito legal mesmo, valeu todo seu esforço, bjs

    1. isabelpellizzer

      Obrigada, Serginho! Realmente é bem trabalhoso, mas ver o passeio eternizado nesta postagem traz uma sensação muito gratificante, bjos! **

Leave a Comment